Oceanário de Lisboa

O Oceanário de Lisboa é um aquário público de referência em Lisboa, em Portugal e internacionalmente. O equipamento recebe anualmente cerca de 1 milhão de pessoas, que percorrem as suas exposições, tornando-o no equipamento cultural mais visitado de Portugal.

A excelência das exposições, aliadas ao simbolismo da arquitetura dos edifícios, faz do Oceanário um local único e inesquecível. O equipamento integra dois edifícios, o original dos Oceanos e o novo edifício do Mar, conetados por um enorme átrio decorado com um magnífico painel de 55 mil azulejos, que oferece acesso às exposições e à área educativa.

Assumindo a tendência evolutiva dos aquários modernos, o Oceanário desenvolve continuamente, atividades educativas que dão a conhecer os oceanos, os seus habitantes, a sua missão e que abordam os desafios ambientais da atualidade. Ainda neste contexto, o Oceanário colabora com várias instituições em projetos de investigação científica, de conservação da biodiversidade marinha e que promovam o desenvolvimento sustentável dos oceanos. A experiência técnico-científica da equipa de biólogos e de engenheiros assegura a excelência da exposição e presta consultoria a vários

Volvo Ocean Race Lisboa 2017

Dia 5 de novembro de 2017 na Doca de Pedrouços em Lisboa

Volvo Ocean Race Lisboa 2017. No percurso de circum-navegação desta competição, Lisboa vai receber os melhores velejadores do mundo e as mais experientes tripulações internacionais.

A localização geográfica única da capital portuguesa, enquanto porta de comunicação entre a Europa e o Atlântico, a sua vocação marítima e as suas condições naturais para prática de desportos náuticos, foram alguns dos fatores diferenciadores de Lisboa que conquistaram a organização da Volvo Ocean Race.

Volvo Ocean Race Lisboa, 3ª edição

Lisboa recebe a Volvo Ocean Race Lisboa pela terceira edição consecutiva.

Este ano falamos numa etapa de 7.000 nm, a partir de Lisboa, com início a 5 de novembro, em direção à Cidade do Cabo, na ponta sul do poderoso continente africano.

É uma corrida clássica do norte ao sul do Atlântico, passando por várias zonas climáticas.

Volvo Ocean Race Lisboa 2017

Com início a 11 de outubro de 2017 em Alicante (Espanha), a regata de circum-navegação Volvo Ocean Race termina a 30 de junho de 2018 em Haia (Holanda), passando por Lisboa, Cidade do Cabo, Melbourne, Hong Kong, Guangzhou, Auckland, Itajaí, Newport, Cardiff e Gotemburgo.

Desde 2016 o Volvo Ocean Race Boatyard está albergado na cidade. Trata-se de uma instalação permanente onde nossa equipa de especialistas em construção de barcos trabalha a tempo inteiro para preparar a frota para a edição 2017-18.

Pode visitar as instalações do Boatyard no Race Village. É um olhar fascinante sobre todo o trabalho que dá colocar os barcos prontos para a corrida.

 

Hotel Lisboa

O Hotel Lisboa fica a 2 minutos do Marquês de Pombal e da Baixa de Lisboa, e a apenas 7 km do aeroporto, possui uma localização privilegiada que lhe permite explorar a cidade com toda a calma, do Chiado ao Bairro Alto e ao Castelo

Para quem se sentir tentado a ir às compras, não é preciso ir muito longe: a Avenida da Liberdade possui algumas das mais sofisticadas lojas de Lisboa.

Decorado num estilo cosmopolita e elegante, é um refúgio confortável e sofisticado.

Totalmente remodelado em 2008, o Hotel Lisboa oferece 60 quartos decorados com sobriedade e elegância, que convidam à tranquilidade.

O Hotel dispõe de 60 quartos, sendo 51 quartos standard, 6 quartos executivos e 3 panorâmicos, distribuídos por 7 Pisos, o Hotel Lisboa  oferece um leque variado de opções de alojamento. Desde a sobriedade e elegância discreta da decoração, até ao design das peças escolhidas, tudo foi pensado para criar um ambiente de conforto e tranquilidade.

Todos os quartos do Hotel dispoêm de : Internet wireless • Ar Condicionado • Cofre digital •  Mesa de trabalho • Televisão por cabo • Telefone / fax • WC  banheira e bidé • Secador de cabelo • Espelho de Corpo Inteiro •  Mini Bar.

O Hotel Lisboa está situado ao lado da Avenida da Liberdade e a 300 metros da Estação de Metro Avenida, que permite chegar à Praça do Rossio em 2 paragens. Além disso, este hotel totalmente para não fumadores disponibiliza excelentes opções de restauração. Está disponível acesso Wi-Fi gratuito.

Os quartos do Lisboa proporcionam um ambiente moderno e estão decorados com pisos de madeira e mobiliário contemporâneo. Incluem insonorização, uma sala de estar com sofá e televisão de ecrã plano com canais por cabo, assim como uma casa de banho privativa com uma banheira.

O Restaurante Gutsy proporciona uma variedade de hambúrgueres tradicionais saborosos. Muitos restaurantes locais também estão disponíveis, localizados ao virar da esquina da propriedade.

Restaurante do Hotel Lisboa

As atracções mais populares das proximidades incluem a Praça dos Restauradores e o Elevador de Santa Justa, ambos a cerca de 5 minutos a pé do Hotel Lisboa. Mediante pedido, pode ser providenciado um serviço de transporte de/para o Aeroporto da Portela.

Santo António é uma excelente escolha entre viajantes que estão interessados em visitar monumentos, conhecer pessoas amigáveis e arquitectura.

 

Isto é Lisboa …

A capital portuguesa está carregada de hábitos antigos e de uma história secular, que se cruzam com animação. Cidade com luz, hospitaleira e segura, Lisboa é uma das melhores opções europeias para fazer uma escapadinha!

“Lisboa cheira aos cafés do Rossio
E o fado cheira sempre a solidão
Cheira a castanha assada se está frio
Cheira a fruta madura quando é verão”.

Cheira a Lisboa – Amália Rodrigues

Lisboa

Capital de Portugal e cidade mais populosa de nosso país, é o centro económico, financeiro e político. Foi desde sempre o local de decisão, carregando em si a responsabilidade de representar a portugalidade, bem como irradiar ou expandir os turistas para os pontos mais longínquos do nosso país. É muitas vezes a partir de Lisboa, muito graças às vias de transportes já existentes, que os visitantes e turistas optam pelo meio de transporte para conhecer todas as maravilhas portuguesas.

Lisboa está carregada de história que advém da época do Neolítico, da era Romana, e da nossa época dourada, a dos Descobrimentos.

Monumento dos Descobrimentos

Monumento dos Descobrimentos

O que fazer em Lisboa?

Será impossível visitar tudo em pouco tempo, portanto, a melhor forma é delinear um roteiro com as suas preferências, nomeadamente, história, música, gastronomia, paisagens, e usufruir da melhor forma o que a cidade alfacinha tem para si.

Bruce Springsteen, Rock in Rio - Fonte: Sapo

Bruce Springsteen, Rock in Rio – Fonte: Sapo

Poderíamos elencar vários itinerários, no entanto, e com a proximidade do verão, falemos sobre a vertente cultural. Os festivais de verão são “um veículo” de turistas, quer internos quer externos (internacionais), e Lisboa é a cidade forte desses eventos. Rock In Rio, Super Bock Super Rock, Nos Alive, EDP Cool Jazz, são alguns dos festivais que levam até Lisboa muitas pessoas para se divertirem e para aproveitarem o que de melhor a capital possuí.

O tempo em Lisboa?

De clima mediterrânico, Lisboa por norma tem temperaturas amenas, onde o sol brilha na maioria dos dias do ano e onde a temperatura média do ano passado ficou-se pelos 17.4 ºC. Temos um bom clima, o que ajuda a selecionar mais facilmente Lisboa como um destino turístico. Contudo, os custos baixos, as excelentes condições de alojamento e alimentação são também fatores de eleição.

Torre de Belém - Lisboa

Torre de Belém – Lisboa

Turismo de Lisboa

Em 2016, Lisboa conseguiu ser a quinta cidade europeia com o crescimento mais rápido em número de visitantes internacionais, segundo o estudo “Global Destinations Cities Index“.

A restauração é outro setor em franco crescimento, tendo a autarquia local organizado este ano um evento de eleição dos melhores restaurantes. Assim sendo, o feeling não poderia deixar de fazer referência a estes locais. No entanto, e segundo o Observador, desde 2016, existem 35 novos e bons restaurantes em Lisboa que tem mesmo que experimentar!

Para que saiba que não o enganamos, Lisboa foi eleita uma das 25 cidades europeias para serem visitadas em 2017

Pontos de Interesse de Lisboa

Cidade das sete colinas, aqui poderá vislumbrar a cidade em cerca de 18 pontos distintos que certamente o deixarão encantado. Referimo-nos aos Miradouros do Castelo de São Jorge, mais abaixo o Miradouro de de Santa Luzia, ao de Santo Estevão ou aos mais conhecidos o Miradouro de Nossa Senhora do Monte ou o Arco da Rua Augusta. Existem muitos outros, por isso não perca a oportunidade de encher a memória com estas paisagens!

O Fado é indissociável de Lisboa. Nas ruas ouve-se, respira-se e sente-se o fado! O tom saudosista deste género musical caracteriza as vielas e as gentes lisboetas. Por tudo isto, um local de interesse será sempre uma casa de fados. Sentir toda a envolvente e este espírito é único! Para se sentir alfacinha terá que vivenciar e apreciar o fado.

MAAT- Fonte: Amanda Levete Architects

MAAT- Fonte: Amanda Levete Architects

Com a abertura do MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia ) a corrida aos museus lisboetas encontra-se mais viva que nunca. Mas fique a conhecer igualmente o famoso Museu dos Coches, o Museu Calouste Gulbenkian, o MUDE- Museu do Design e da Moda, entre outros. Se eventualmente quiser conhecer o MAAT, terá que se descolar para a zona de Belém, o que fará com que vislumbre os ex-libris do turismo lisboeta: o Monumento dos Descobrimentos, o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém. Tudo isto com o rio Tejo como pano de fundo.

Lisboa não é apenas cultura, posto isto não poderíamos deixar de elencar um ponto importante que é o desporto. Desta dita, a vida de Eusébio e a sua estátua (um dos maiores marcos da história desportiva portuguesa) são pontos de interesse de qualquer português ou de qualquer estrangeiro.

 

Kitchen Chiado – Lisbon Restaurant Bar

“Amor, Carinho e Paixão por tudo quanto fazemos são os principais ingredientes na confeção de todas as nossas receitas! Pretendemos avivar-lhe a memória numa viagem no tempo, trazer até si os sabores de casa e a comida de conforto, despertando-te os sentidos e tocar-lhe o coração!”

Kitchen Chiado: Eleva o prazer de comer até à “Glória”

Vamos a Lisboa e nunca sabemos muito bem onde podemos almoçar ou jantar de forma calma, prazerosa e que não seja demasiadamente caro! Essas dúvidas dissiparam-se com a abertura do mais recente restaurante do Chiado, o Kitchen Chiado, um restaurante para todos.

Após a íngreme subida do elevador da Glória, mesmo de frente, encontrará um restaurante casual, de aspeto acolhedor, a meia luz, em tons castanhos, de espírito hospitaleiro e de uma simpatia que transborda. Acomode-se e esteja à vontade, chegou ao restaurante onde a cozinha só encerra à meia-noite!

Com raízes beirãs muito fortes, o projeto é gerido por dois irmãos da Covilhã, um deles é o cozinheiro do restaurante e responsável pela criação dos pratos da carta disponível.

Com receitas tradicionais, todas elas inspiradas nas ementas da família, aqui poderá apreciar carne de qualidade, e pratos muito típicos das beiras.

A ementa do Kitchen Chiado

Sem dúvida, que será obrigado a provar as bolinhas de alheiras (recheadas com queijo da serra) e os cogumelos no forno, que são de comer e repetir variadíssimas vezes.

Para o prato principal não poderá deixar de apreciar a carne, que é toda de excelente qualidade. O bife da casa (bife Kitchen) que vai ao forno com queijo da Serra, é claramente, um dos pratos mais pedidos do restaurante e com toda a razão, é delicioso.

Mas a carta não se fica por aqui. O bife à portuguesa é uma aprazível surpresa, ou o macarrão vegetariano é também uma opção bastante prática e saborosa.

No que toca à carta de vinhos, ela é vasta e bem preenchida, por isso não terá dificuldade em fazer a sua escolha. Se não quiser uma garrafa, o Kitchen Chiado serve-lhe um copo de vinho para poder apreciar o espaço, ou desfrutar da sua companhia ou da boa música que o envolverá!

O espaço

O restaurante tem 150 metros quadrados e conta com duas salas, uma principal com 50 lugares e uma privada com 8. O Kitchen Chiado é um restaurante muito bem decorado, moderno e ao mesmo tempo familiar.

Com uma disposição muito bem conseguida, o Kitchen é ideal para comer um petisco, beber um copo, conversar entre amigos e ficar para jantar. Sem pressas e sem gastar muito. Naturalmente, um restaurante para todos!

Lisboa: uma das 25 cidades europeias para visitar em 2017

Lisboa está nas bocas do mundo graças ao turismo, que tem ganho uma notoriedade crescente nos últimos anos.

“Segundo um estudo, realizado para a Associação de Turismo de Lisboa, o setor gerou perto de 8,5 mil milhões de euros em 2015, e o mesmo estudo indica que o setor foi obrigado a criar cerca de 150 mil postos de trabalho.” (Informação RTP)

Pixabay

Lisboa vista à noite

Mas muitos são os meios de comunicação que exultam a capital portuguesa, como é o caso do “Telegraph”, um jornal britânico. Após a criação de um artigo sobre os melhores “breaks” citadinos na Europa para o ano de 2017, numa lista de 25 cidades, Lisboa é a única cidade portuguesa. Neste artigo o jornal britânico realça os melhores lugares para poder ficar na cidade das sete Colinas.

Lisboa tem um “charme simples e uma magia marítima de uma capital vintage do sul da Europa.”

Passagem de Ano 2016-2017 no Terreiro do Paço

Terreiro do Paço

Mas muitos outros elogios são dados à nossa capital, como “o contraste com o cenário sempre presente do Oceano Atlântico, esta elegante cidade beijada pelo sol vive num conto de fadas latino de costumes e tradições antiquíssimas”.

Ir é sempre o melhor remédio, e quem nos diz é o Telegraph:“Testemunhe o melhor desta herança passada perambulando pela Baixa, onde antiquíssimos costureiros e alfaiates se esfregam nas ruas barrocas do centro da cidade ornamentada.”

Sugestão hoteleira

O mesmo jornal acaba por explorar igualmente os hotéis lisboetas, e apresentar uma lista muito bem estruturada sobre onde os nossos turistas poderão pernoitar. Um desses casos é Memmo Alfama. “Oferece um autêntico sabor de Lisboa, este hotel de 42 quartos situa-se nas ruas de Alfama. Do seu elegante terraço, com piscina, são algumas das melhores vistas da cidade.”

Pixabay

Alfama (Bairro Lisboeta)

O castelo lisboeta das vistas inebriantes

Portugal está repleto de monumentos nacionais e emblemáticos da nossa cultura e tradição. São edifícios mais conservados, mais conhecidos e outros menos visitados. Edifícios como o Mosteiro dos Jerónimos ou a Nau dos Descobrimentos, que de uma maneira ou de outra todos nós já conhecemos. E agora pergunto-lhe, o Castelo de São Jorge, em Lisboa, já visitou?!

Bem no alto da zona nobre de Lisboa, impera uma fortificação, construída pelos muçulmanos por volta do século XI, e que após a conquista de Lisboa, em 25 de Outubro de 1147, serviu de albergue ao nosso primeiro rei, D. Afonso Henriques.

Para poder conhecer este local emblemático terá que se embrenhar nos hábitos e costumes lisboetas, por isso, iremos indicar-lhe uma das muitas formas de conhecer este sítio.

Pixabay

Pixabay

Estacione o carro, e em plena baixa de Lisboa, apanhe o elétrico que o levará pelas ruas íngremes e sinuosas até ao alto da “colina”. Passará pela Sé Catedral de Lisboa, que merece uma visita, mas deixe isso para a descida, ou para o final da sua visita.

O elétrico não o deixará mesmo à porta do castelo, o que requer que suba mais um pouco a pé até ao destino final. Esta não é de todos uma má opção, isto porque, assim conseguirá ir até ao Miradouro da luz, um local romântico, com uma paisagem repleta de luz e beleza. Após essa breve paragem, siga caminho pelas ruas estreitas,  enfeitadas pelas casas muito características lisboetas. Ao chegar ao alto de Lisboa, às portas do Castelo de São Jorge, terá que aguardar para retirar o seu bilhete de entrada (que ronda os 8.50€). Digo aguardar porque normalmente o local tem bastantes turistas e visitantes.

Depois da entrada vá direto ao miradouro, vai ficar boquiaberto com tamanha beleza! Irá encontrar uma Lisboa cheia de luz, encantadora, limpa, enorme e fascinante. A imagem que ficará na retina é avassaladora!

Após conquistado o seu coração, poderá conhecer os vestígios do Antigo Paço Real de Alcáçova, o local arqueológico, o castelo e o castelejo.

Pixabay

Pixabay

Aqui poderá ficar a conhecer um pouco da história de Lisboa, através de visitas guiadas, ou a fascinar-se com as visitas à Câmara Escura. Aproveite para passear pelos jardins e locais com vistas, fazer uma pausa no café do Castelo ou simplesmente deixar-se encantar por um pôr do sol naquele lugar mágico.

Quando decidir ir-se embora, desça a pé, e já agora opte por um caminho diferente pelo que subiu. Conheça alguns recantos emblemáticos, como Alfama, o reconhecido teatro circense Chapitô, ou a Sé de Lisboa. Ficará apaixonado com a sua visita.

Como passar 36 horas na Lisboa renascida

“Tudo o que era velho é novo outra vez na capital Portuguesa” diz o New York Times. “Ao longo da cidade estruturas e espaços definhados estão elegantemente renascidos. Mercados de bairro outrora abandonados passaram por reformas ambiciosas e atualmente formam novos “spots” na cidade para comer e beber. Ao mesmo tempo, os recantos históricos da cidade, museus, mansões de industriais permanecem maravilhosamente intactos”, refere o reconhecido jornal sobre Lisboa.

Pixabay

Arco da Rua Augusta – Lisboa

Durante anos, a praça monumental do século XVIII, a Praça do Comércio, foi rodeada por escritórios sem brilho e marcada por locais de construção para projetos. Nos últimos anos, porém, ícones da capital como o arco triunfal da rua Augusta e a estátua do rei Dom José I foram remodelados, e uma série de novos cafés, bares e boutiques tem aparecido no terraço ao ar livre.

Pixabay

Terreiro do Paço

Já à beira-mar estão agora corredores, carrinhos, ciclistas e piqueniques que se aproveitam do novo caminho arborizado, degraus de pedra delicadamente graduados, quiosques e cafés ao longo da margem do rio.

Na sua visita à capital, aproveite para conhecer o navio colorido chamado Trafaria. Coberto de azulejos azuis e brancos tradicionais e cheio de instalações brilhantes que evocam o mar, foi concebido pela artista Joana Vasconcelos e foi uma das esculturas que formou o pavilhão Português na Bienal de Veneza em 2013. Entre as 11 horas, 15 e as 18 horas de março a outubro, o barco oferece um passeio panorâmico de uma hora.

Pixabay

Lisboa à noite

Ainda em Lisboa, existe um lugar, onde pode jantar bovino cru, polvo enlatado, lascas de presunto, mariscos cozidos, gelado de manga e licor de sabor de cereja… E onde? No Mercado da Ribeira, com certeza. Metade da estrutura é do século XIX , local onde chefs de Lisboa, os restaurantes favoritos, as lojas de alimentos de luxo entre outras mais valias se juntaram para o agradar. O Prego da Peixaria é um desses exemplos, serve sandes de carne quentes suculentos no pão sírio. Uma delícia…

A onda de novos bares continua a inundar as ruas do Cais do Sodré. Por isso, aproveite cada rua, cada bar, todos eles têm algo de especial para si!

Mas para nosso “mal” algumas das melhores coisas da vida não são livres. Os vasos de porcelana chinesa, pinturas de Pieter Bruegel, bacias hidrográficas de mármore de Versailles. Mas felizmente para os visitantes de Lisboa, o falecido empresário António de Medeiros e Almeida teve bolsos e uma sede de cultura, que resultou numa mansão do século XIX transbordada de artes decorativas. Poderá passear sobre os pisos de mármore de Casa-Museu Medeiros e Almeida, apreciar espelhos dourados de Thomas Chippendale, de pé tapetes últimos do século XIX tecidas na cidade Silk Road de Samarkand, orar num altar esculpido de uma igreja em Goa e admirar uma porcelana bidé azul-celeste primorosamente decorada.

Pixabay

Cortar presunto

Pig é uma Charcutaria de Lisboa, e é apenas uma das muitas lojas de comida no Mercado de Campo de Ourique, um mercado recentemente renovado. O camarão é grande no Mercado do Marisco, seja cozido com sal marinho, ou frito com alho e molho de manteiga, não poderá perder a oportunidade de experimentar.

Visite ainda a mansão resplandecente com arcos de ferradura, pisos de mosaico geométrico, remoinhos de gesso esculpido, casa do século XIX mesmo em frente à Praça do Príncipe Real, que agora (2013) renasceu como uma “Galeria de compras Conceptual” chamada Embaixada. As salas imponentes são ocupados por lojas portuguesas locais e marcas como a Urze, que vende elegantes produtos de lã, mas também por marcas temporárias, uma loja com tudo, desde sardinhas enlatadas ou bugigangas para telefones e outros instrumentos.

Pixabay

Alfama- Lisboa

Situado perto da Igreja de São Cristóvão, o restaurante Leopold emana humildade e graça. As paredes brancas e mesas de madeira dão um ar contido no espaço minúsculo e silencioso. Da mesma forma, a comida mostra a devoção respeitosa das receitas portuguesas de antigamente, e que por vezes, favorece interpretações modernas.

No último dia descubra o Museu Nacional de Arte Antiga, um repositório de excelente pintura europeia. A galeria irá sacudir-lhe a alma.