Um feira ribatejana que já se tornou nacional

O mote para a 53ª edição da Feira Nacional da Agricultura (FNA) foi a fruta portuguesa.

Num dia em que as temperaturas normalmente altas do Ribatejo estavam amenas, a FNA16 animou a cidade de Santarém.

expositores

A abertura da Feira Nacional da Agricultura 2016 (FNA16), aconteceu no passado dia 4 de junho, e como é normal, o certame aglomerou de tudo, desde a característica exposição de animais de grande porte, os infindáveis expositores de produtos agrícolas e de tratores, zona de prova e venda de produtos, as famosas tasquinhas, uma feira popular, discoteca e ainda vários concertos.

20160609_224001 20160609_224128 20160609_223916

Nos 40 hectares da feira vão-se espalhando cerca de mil expositores, que lhe vão colhendo a atenção tal é a variedade de escolha. Não obstante existem outras atrações como são as ações de formação para que os agricultores e aficionados possam complementar as suas formações.

FNA 16

Para quem percebe pouco ou nada de agricultura como é o meu caso ou para quem vai com a ideia de conhecer, a feira é deveras impressionante. De uma amplitude megalómana, com um mapa muito bem ilustrado e orientador, com vários pavilhões cada um com a sua temática, com espaços ao ar livre e atividades distintas e para todos os gostos. Música para todos, restaurantes muito acolhedores que servem carne autóctone, e demonstram o que de melhor se faz na cozinha ribatejana, ou até uma largada de touros para quem aprecia este género de eventos são algumas das distrações do certame.

Este ano 185 mil foram os visitantes, e para abarcar e integrar todos estes visitantes foi criada aplicação da  Feira Nacional de Agricultura, disponível para os sistemas IOS (Iphone e Ipad), Android e Windows Phone. O objetivo foi ter toda a informação inerente ao evento, assim como alargar a informação existente às redes sociais, nomeadamente Facebook e Instagram.