Feira de São Mateus 2018 – Viseu

A edição de 2017 contou com mais de 1 milhão de visitantes e a organização promete uma Feira de São Mateus 2018 com “uma programação capaz de atrair ainda mais pessoas este ano”.

São já conhecidos alguns dos espectáculos e artistas que vão animar a Feira de São Mateus 2018. Conheça a agenda (em atualização):

9 de Agosto – Coro Mozart

Coro Mozart – Feira de São Mateus 2018

O Coro Mozart nasceu na cidade de Viseu. É actualmente constituído por cerca de 80 jovens coristas entre os 11 e os 17 anos, todos eles alunos de diversas Escolas e Colégios de Viseu.

10 de Agosto – Amor Electro

Amor Electro – Feira de São Mateus 2018

Amor Electro – Feira de São Mateus 2018

A banda Amor Electro é uma das bandas que tem marcado a música em Portugal. Desde 2011 a produzir êxitos como “Juntos somos mais fortes” e “A máquina” marcam o historial da banda. Marisa Liz é o rosto e a voz dos Amor Electro. Atuam na Feira de São Mateus, em Viseu, a 10 de agosto, sexta-feira, pelas 22 horas.

Comprar bilhete

11 de Agosto – Raquel Tavares

Raquel Tavares – Feira de São Mateus 2018

Raquel Tavares – Feira de São Mateus 2018

Depois dos trabalhos “Raquel” e “Roberto Carlos por Raquel Tavares”, Raquel Tavares afirma-se como uma das mais importantes vozes do fado contemporâneo. A fadista já correu o mundo e vem à Feira de São Mateus no sábado, dia 11 de agosto. É às 22 horas, no Palco Santander.

12 de Agosto – Festival Internacional de Folclore

Festival Internacional de Folclore – Feira de São Mateus 2018

Festival Internacional de Folclore – Feira de São Mateus 2018

13 de Agosto – Paulo Sousa

Paulo Sousa – Feira de São Mateus 2018

Paulo Sousa – Feira de São Mateus 2018

Paulo Sousa, autor de temas como “Até ao Fim do Mundo”, “Somos Eu e Tu” e “Eu Não Vou”, já conta com quase 200 mil subscritores no Youtube e é um dos nomes mais pedidos para a edição de 2018 da guardiã das feiras populares do país. Sobe ao palco de Viseu no dia 13 de agosto, pelas 22H00.

14 de Agosto – Sérgio Lucas

Sérgio Lucas – Feira de São Mateus 2018

Sérgio Lucas – Feira de São Mateus 2018

Sérgio Lucas, natural de São Pedro do Sul, é um cantor português que se tornou conhecido quando participou em 2004 na 2.ª edição do talent show Ídolos da SIC onde saiu vencedor.

15 de Agosto – Mickael Carreira

Mikael Carreira - Feira de São Mateus 2018

Mikael Carreira – Feira de São Mateus 2018

Mickael Carreira sobe pela primeira vez ao Palco Santander da Feira de São Mateus e promete encantar os fãs com o seu estilo romântico e ritmos latinos contagiantes. No dia 15 de agosto, feriado, Viseu vai vibrar ao som de êxitos como “Porque Ainda Te Amo” e “Tudo O Que Tu Quiseres”, e dos últimos singles do artista, “Ya Ya Ya, “Fácil” e “Imaginamos”.

Comprar Bilhete

16 de Agosto – Golden Slumbers

O Coro Mozart nasceu na cidade de Viseu. É actualmente constituído por cerca de 80 jovens coristas entre os 11 e os 17 anos, todos eles alunos de diversas Escolas e Colégios de Viseu.

Golden Slumbers – Feira de São Mateus 2018

As irmãs Golden Slumbers vêm à Feira no dia 16 de agosto para encantar ao som do folk, depois do lançamento do primeiro álbum de estúdio da banda, “The New Messiah”, e da passagem pelo Festival da Canção, em fevereiro do ano passado.

17 de Agosto – Richie Campbell

Richie Campbell - Feira de São Mateus 2018

Richie Campbell – Feira de São Mateus 2018

Na sexta-feira de 17 de agosto, Richie Campbell sobe ao palco Santander da Feira de São Mateus, cinco anos depois da sua última atuação. Após o lançamento da sua mixtape “Lisboa”, o cantor de reggae e r&b atuou em frente a mais de 14 mil pessoas no Altice Arena. Em Viseu, espera-se também casa cheia para dançar ao som dos ritmos do artista e cantar êxitos como “That’s How We Roll”, “Best Friend” e “Love is an Addiction”.

Comprar Bilhete

18 de Agosto – Ana Moura

Ana Moura - Feira de São Mateus 2018

Ana Moura – Feira de São Mateus 2018

É no dia 18 de agosto que a Feira de São Mateus recebe Ana Moura. Uma noite de sábado para celebrar a música portuguesa. É às 22 horas, no Palco Santander. Êxitos do “Desfado” (2012) – o disco mais vendido em Portugal na última década e que se mantém no top de vendas desde que foi lançado – e “Moura” (2015), o sexto álbum da artista e diretamente galardoado com o Disco de Ouro, marcarão o espetáculo em Viseu.

Comprar Bilhete

19 de Agosto – Ruca | Concurso de Vestidos de Chita

ruca

O domingo de dia 19 de agosto está recheado de boas surpresas na Feira de São Mateus. Pelas 10H00, Ruca e Amigos animam o recinto e fazem as delícias dos mais pequenos e das suas famílias. Pelas 22h00 é a vez do Concurso de Vestidos de Chita, que este ano conta com a apresentação de Filomena Cautela.

21 de Agosto – Noite de Viseu – Desfile de Trajes

Noite de Viseu - Desfile dos Trajes

22 de Agosto – D.A.M.A

DAMA – Feira de São Mateus 2018

DAMA – Feira de São Mateus 2018

O Dia dos Bombeiros da Feira de São Mateus é protagonizado pelos D.A.M.A., uma das boy bands mais acarinhadas pelo público. No dia 22 de agosto, quarta-feira, grandes hits como “Luísa” e “Não Dá” regressam a Viseu, “Lado a Lado” com novos sucessos do mais recente disco de originais. É no palco Santander.

23 de Agosto – Minhotos Marotos

Cláudia Martins e os Minhotos Marotos – Feira de São Mateus 2018

Cláudia Martins e os Minhotos Marotos – Feira de São Mateus 2018

Cláudia Martins & Minhotos Marotos é uma banda de música popular portuguesa que faz furor de norte a sul do País. Ficou famosa depois de um vídeo que mostra o grupo musical a dar um concerto privado e exclusivo para a patrulha da GNR que os tinha acabado de multar.

24 de Agosto – Anselmo Ralph

Anselmo Ralph - feira de São Mateus 2018

Anselmo Ralph – feira de São Mateus 2018

2018 é um ano de surpresas para os fãs de Anselmo Ralph. A tour “Um Em Um Milhão” traz espetáculos onde o talento, energia e romantismo de Anselmo dão vida a qualquer palco. Novas músicas, novas letras, uma nova imagem e duetos inéditos prometem uma performance única na Feira de São Mateus, no dia 24 de agosto, sexta-feira. Um regresso muito aguardado desde 2015.

Comprar Bilhete

25 de Agosto – Maria Rita

Maria Rita - Feira de São Mateus 2018

Maria Rita – Feira de São Mateus 2018

O Samba brasileiro chega à Feira de São Mateus pela voz de Maria Rita, filha da icónica Elis Regina. A artista apresenta “Amor e Música”, o seu mais recente trabalho. O oitavo álbum na discografia da cantora tem a sua marca na direção e produção, contando com a colaboração de amigos e parceiros, como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Marcelo Camelo, Carlinhos Brown, Moraes Moreira, Davi Moraes, Pretinho da Serrinha, entre outros. É no dia 25 de agosto que a carismática Maria Rita promete contagiar com a sua energia, num concerto inédito e a não perder.

Comprar Bilhete

26 de Agosto – Dia de Viriato

Viriato

27 de Agosto – Cavalhadas de Vildemoinhos

Cavalhadas de Vildemoinhos

Cavalhadas de Vildemoinhos

As Cavalhadas de Vildemoinhos voltam a Viseu em pleno verão, na Feira de São Mateus. Nesta noite, assistiremos ao habitual cortejo, composto por cavaleiros, carros tradicionais, artísticos e institucionais e grupos de fanfarras e bombos.

28 de Agosto – Noite de Viseu – Carlos Peninha

Carlos Peninha – Feira de São Mateus 2018

Carlos Peninha – Feira de São Mateus 2018

Carlos Peninha é um guitarrista nascido em Viseu que trabalha em múltiplos projetos musicais, com um percurso artístico de mais de 30 anos em distintas áreas de criação musical. Frequentou os Conservatórios de Música de Aveiro e do Porto, bem como a Escola de Jazz do Porto, onde estudou com Carlos Azevedo e Mário Barreiros.

29 de Agosto – Quinta do Bill

Quinta do Bill - Feira de São Mateus 2018

Quinta do Bill – Feira de São Mateus 2018

Já passaram mais de 30 anos e os Quinta do Bill continuam a ocupar um lugar especial no coração dos portugueses. No Dia Solidário de 29 de agosto, no palco Santander, os reis do folk-rock português dão música à Feira de São Mateus, com grandes clássicos como “Filhos da Nação” e “Se te Amo”.

30 de Agosto – Paus

Paus - Feira de São Mateus 2018

Paus – Feira de São Mateus 2018

Os PAUS contam desde 2008 com quatro álbuns no seu repertório. Atuam em Viseu a 30 de agosto e apresentam o seu mais recente trabalho, “Madeira”.

31 de Agosto – Calema

Irmãos Calema – Feira de São Mateus 2018

Irmãos Calema – Feira de São Mateus 2018

Os Calema tornaram-se na nova sensação em portugal, conquistando milhares de fãs com temas como “A Nossa Vez” e “Casa de Madeira”. Diretamente de São Tomé e Príncipe, a dupla traz na bagagem a herança cultural e a paixão pela música. Na sexta-feira, dia 31 de agosto, é a vez da Feira de São Mateus, em Viseu, se render aos dois irmãos.

1 de Setembro – Rui Veloso

Rui Veloso - Feira de São Mateus 2018

Rui Veloso – Feira de São Mateus 2018

Na noite de 1 de setembro, Viseu e a Feira de São Mateus vão cantarolar músicas como “Chicho Fininho”, “Nunca me Esqueci de Ti” e “Não Há Estrelas no Céu. Rui Veloso sobe ao Palco Santander para uma noite com a música portuguesa em destaque.

Comprar Bilhete

2 de Setembro – Grupos Gospel – Assembleia de Deus

Grupos Gospel Assembleia de Deus – Feira de São Mateus 2018

Grupos Gospel Assembleia de Deus – Feira de São Mateus 2018

A Assembleia de Deus de Viseu traz dois grupos gospel ao Palco Santander, no dia 2 de setembro. São eles o Coro Gospel de Lisboa e o Coro Gospel de Ponte de Sor.

3 de Setembro – Cavalhadas de Teivas | Banda Índice

Cavalhadas de Teivas

As Cavalhadas de Teivas regressam à Feira de São Mateus em pleno verão, no dia 2 de setembro.

Banda Índice com Paulo de Carvalho

Banda Índice com Paulo de Carvalho

A história dos «ÍNDICE» de Viseu, remonta ao longínquo ano de 1980, quando, sob a denominação de «ÍNDICE “a banda”», os gémeos Paulo e Pedro Lemos ( os “maninhos”) fundaram o grupo para dar largas à sua apetência e gosto pela música.

4 de Setembro – VOX VISIO

Vox Visio

Vox Visio

O coro Infanto-Juvenil, que canta em Português, os VOX VISIO atuam no dia 4 de setembro, no Palco Santander.

5 de Setembro – Orelha Negra

Orelha Negra – Feira de São Mateus 2018

Orelha Negra – Feira de São Mateus 2018

Os Orelha Negra já passaram por alguns dos maiores palcos do país. Orgulham-se de “partilhar experiências” com o público, através de uma combinação de vários estilos, como o jazz, soul, funk, hip-hop e groove. Desde 2011 que não atuam no palco da Feira de São Mateus. Regressam em 2018, a 5 de setembro.

6 de Setembro – Orquestra Académica Filarmónica

Orquestra Académica Filarmónica – Feira de São Mateus 2018

Orquestra Académica Filarmónica – Feira de São Mateus 2018

A Orquestra Académica Filarmónica atua na Feira de São Mateus, no Palco Santander, a 6 de setembro.

7 de Setembro – ABBA GOLD

ABBA Gold – Feira de São Mateus 2018

ABBA Gold – Feira de São Mateus 2018

Os ingleses ABBA Gold são uma das mais reputadas bandas de tributo aos famosos ABBA. Evocam outros tempos ao som de hits como “Mamma Mia”, “Fernando”, “Voulez-Vous” e “Waterloo”. O espetáculo na Feira de São Mateus é no dia 7 de setembro, pelas 22 horas.

8 de Setembro – Diogo Piçarra

Diogo Piçarra - Feira de São Mateus 2018

Diogo Piçarra – Feira de São Mateus 2018

“do=s” é o segundo álbum de estúdio do artista Diogo Piçarra, que irá marcar a Feira de São Mateus. Além de grandes temas da sua carreira como “Tu e Eu”, “Dialeto” e o novo single “História”, Piçarra dará também a conhecer canções do seu novo disco. É no dia 8 de setembro, sábado, no palco Santander.

9 de Setembro – Carnaval de Ovar

Carnaval de Ovar – Feira de São Mateus 2018

Carnaval de Ovar – Feira de São Mateus 2018

O Carnaval de Ovar desfila na Feira de São Mateus, pelo Picadeiro, a 9 de setembro.

10 de Setembro – Ricardo Azevedo

Ricardo Azevedo – Feira de São Mateus 2018

Ricardo Azevedo – Feira de São Mateus 2018

Ricardo Azevedo é um músico, cantor e compositor Português que iniciou a sua carreira no início do milénio. “Daisy”, “I Really am such a fool”, “My Explanation”, “Pequeno T2” e “Entre o sol e a lua”, são alguns dos seus temas mais populares.

11 de Setembro – Noite de Viseu – Tilhon

Tilhon – Feira de São Mateus 2018

Tilhon – Feira de São Mateus 2018

Tilhon é um dos novos valores nacionais, que desde cedo mostrou grande interesse na exploração e no estudo musical, manifestando a sua veia criativa através da cultura Hip-Hop, há mais de 15 anos. Já partilhou palco, com grandes nomes do Hip Hop Português, tais como Regula, Mundo Segundo, Dengaz, Dillaz, Piruka, Deau, Dealema, Chullage, Força Suprema, entre outros.

12 de Setembro – Fátima Fonseca

Fátima Fonseca – Feira de São Mateus 2018

Fátima Fonseca – Feira de São Mateus 2018

Fátima Fonseca, cantora e compositora, dona de um timbre vocal grave e aveludado, descobriu o talento para a música no início da década de 90 quando residiu em Londres. Tinha grande paixão pelo The Police, Elton John, Rod Stewart e Tina Turner, além da MPB e do Fado.

Natural de São Paulo, tem se apresentado nos últimos anos em casas de shows como All of Jazz, Tonton Jazz, Café Piu Piu, Alfama dos Marinheiros, Pateo Lisboa, entre outros com diversos projetos musicais que incluem o “Pop” e o “Jazz” contemporâneo, com momentos românticos e dançantes, e também o “Fado”.

13 de Setembro – Folk Ibérico

Folk Ibérico – Feira de São Mateus 2018

Folk Ibérico – Feira de São Mateus 2018

Folk Ibérico com Mansaborá Folk, La Musgaña, e Musicando.

14 de Setembro – Deixem o Pimba em Paz

Deixem o Pimba em Paz – Feira de São Mateus 2018

Deixem o Pimba em Paz – Feira de São Mateus 2018

No dia 14 de setembro, sexta-feira, na Feira de São Mateus, o humorista Bruno Nogueira e Manuela Azevedo, a vocalista dos Clã, juntam-se para desconstruir e reinventar êxitos da música “pimba” e popular, em “Deixem o Pimba em Paz”. É pelas 22 horas, no Palco Santander.

15 de Setembro – Xutos e Pontapés

Xutos e Pontapés - Feira de São Mateus 2018

Xutos e Pontapés – Feira de São Mateus 2018

Num ano especial para os Xutos e Pontapés, a banda portuguesa vem atuar a Viseu no fim de semana de fecho da Feira de São Mateus. A guardiã das feiras populares promete receber os Xutos com casa cheia, na noite de 15 de setembro. Será às 22 horas, no Palco Santander.

16 de Setembro – Encerramento – Banda da Armada

Encerramento - Banda da Armada – Feira de São Mateus 2018

Encerramento – Banda da Armada – Feira de São Mateus 2018

Dia de encerramento da edição 2018 da Feira de São Mateus. Atuação da Banda da Armada.

Montebelo Viseu Congress Hotel

  • 172 quartos
  • Penthouse com 500m² e spa privativo
  • Suites Presidencial e Nupcial
  • Suite Executiva com sistema de hidromassagem vertical
  • Quartos Standard
  • Quartos aptos para famílias compostas por 2 adultos e 2 crianças, com alojamento gratuito até aos 12 anos

Montebelo Viseu Congress Hotel: o requinte aliado à simplicidade

Próximo do centro da cidade de Viseu, este hotel 5 estrelas oferece-lhe a comodidade de 172 quartos, um SPA e um campo de golfe para os aficionados da modalidade.

Para quem se desloca de pontos longínquos do país, não será custoso encontrar a unidade hoteleira. Geograficamente, é um hotel central, visto que o distrito de Viseu, no mapa, é bastante centralizado, e posteriormente, as vias de acesso são deveras simplificadas.

No que toca às comodidades do complexo, o Montebelo Viseu Congress Hotel oferece-lhe uma vista panorâmica sobre a paisagem circundante, bem como um amplo complexo hoteleiro para poder disfrutar de uma estada muito relaxante.

Comodidades

Piscina exterior para o verão e piscina interior climatizada para os dias mais chuvosos são duas grandes mais valias que certamente quererá descobrir nesta unidade. Mas as opções não se limitam por aqui, os tratamentos de SPA e de bem estar são outras regalias deste hotel. Os visitantes podem utilizar livremente a sauna, banho turco, jacuzzi, ginásio ou simplesmente relaxar no Pool Lounge.

Para quem preferir a prática de um desporto, poderá deleitar-se com o golfe. Situado entre serras, a 15 minutos do hotel, o golfe Montebelo alia a beleza do campo ao proveito do traçado. Jogar no golfe Montebelo é um verdadeiro desafio para os amantes deste desporto!

Relativamente aos quartos, por norma são bastante amplos e com uma decoração minimalista e sóbria, o que o fará sentir-se em casa. Os espaços em comum são afáveis e largos, o que permite a permanência de muitas pessoas sem grandes ruídos.

O bar do Montebelo Viseu Congress Hotel é sem dúvida um encanto, sempre com música ambiente muito agradável, com ótimo atendimento e com uma vista para a piscina exterior fantástica.

Para os mais exigentes, podemos garantir um ambiente moderno e acolhedor, em plena harmonia com o requinte, que tornará a visita memorável.

Nota informativa

Mais se informa que o grupo hoteleiro do Montebelo Viseu Congress Hotel é detentor de mais 6 unidades hoteleiras em Portugal e outros 6 hotéis em Moçambique.

Entrada do hotel Montebelo Viseu Congress Hotel

Pista de gelo e Vila Natal para visitar em Vouzela

Vouzela, terra plantada em pleno coração do centro de Portugal, é um concelho pertencente ao distrito de Viseu, mais concretamente à zona de Lafões. Privilegiada na sua localização, esta terra oferece bons acessos e a proximidade com centros urbanos (Aveiro e Viseu) é um fator abonatório. Mas quando se trata do Natal, nenhum local é longe ou perto demais. Poder desfrutar de um dia bem passado em família, com música de natal, e com toda a animação característica desta data é um privilégio.

Anjo- Figura natalícia

Anjo- Figura natalícia

E é pelo quarto ano consecutivo que a magia do Natal invade a vila de Vouzela. Aqui poderá levar as crianças à casa do Pai Natal, apreciar os concertos e espetáculos, encantar-se com as oficinas e workshops, e apaixonar-se pelo mercado de sabores. O evento contará ainda com inúmeras atrações como o comboio turístico e passeios de charrete, ou o divertidíssimo parque de diversões. A vila Natal tem uma programação de 16 dias de atividades para toda a família, como o Circuito da Luz, casas temáticas, ou o circuito dos presépios. Este último circuito aglomera cerca de duas dezenas de presépios, dispersos por vários espaços da vila, e que foram elaborados pela população e associações vouzelenses.

Cartaz Oficial de Vouzela Vila Natal

Cartaz Oficial de Vouzela Vila Natal

A entrada no recinto é livre e a visita poderá ser realizada de 10 a 25 de dezembro. Contudo, existem surpresas este ano, e a surpresa é a pista de gelo. Uma estrutura com cerca de 100 m2, onde aproximadamente 25 crianças poderão divertir-se em simultâneo. A iniciativa pretende marcar a diferença e atrair mais público. A permanência da pista de gelo ultrapassará a data de encerramento do Vouzela Vila Natal, ficará aberta ao público até ao dia 8 de janeiro.

Vouzela e os seus costumes

Contudo, se é sua intenção passar mais do que um dia por terras de Lafões, poderemos indicar-lhe algumas particularidades de Vouzela. De facto, esta é uma vila com origens remotas, existindo espalhados pelo concelho diversos legados, como é o caso do Castro da Senhora do Castelo, ou a herança do Império Romano. Vouzela também apresenta um interessante património arquitetónico, destacando-se a Igreja Matriz, o Pelourinho, a Igreja da Misericórdia, a Capela de São Frei Gil, bem como as várias casas Senhoriais e Solares, muito típicas da região.

Já em termos gastronómicos, em Vouzela poderá deliciar-se com a famosa vitela de Lafões ou o folar (pão confecionado normalmente na Páscoa, e que tem como base água, sal, ovos e farinha de trigo). Vouzela tem mantido as suas tradições ao longo do tempo, destacando-se ainda hoje o seu artesanato com trabalhos em linho, as colchas regionais, ou a cestaria.

 

A Grandeza da Região Vitivinícola do Dão

É certo e sabido que Portugal produz em toda a sua extensão vinhos de enorme qualidade reconhecidos internacionalmente. Não é, no entanto, tão comummente conhecido que a Região Vitivinícola do Dão é uma das regiões demarcadas mais antigas do País.

regiao-demarcada-do-daoEm 1908 uma Carta de Lei estabelece formalmente a Região Demarcada do Dão e passados dois anos, em maio de 1910, surge com o Decreto regulamentar, o conjunto de normas para a produção e comercialização dos vinhos aí originados. Com esta decisão, o Dão torna-se a primeira região de vinhos não licorosos a ser demarcada e regulamentada no nosso país.

Os vinhos do Dão apresentam características tidas como únicas no universo dos vinhos portugueses. A conjugação muito particular do clima, do solo, do relevo e de outros aspectos conferem a esta região condições extraordinárias para a criação de vinhos distintos e com personalidade.

A Região Vitivinícola do Dão situa-se no centro Norte de Portugal, na antiga região da Beira Alta. As vinhas, protegidas dos ventos marítimos mais agrestes pelas serras da Estrela, do Caramulo, Lousã, Buçaco, Nave e Açor, estão plantadas na sua maioria entre os 400 e os 700 metros de altitude, e desenvolvem-se em solos xistosos, na zona mais a sul da região, ou graníticos de pouca profundidade um pouco mais a norte.

Juntamos aos factores em cima enumerados os rios Mondego, Paiva, Vouga e Dão e conseguimos perceber, em cada trago, a graciosidade e o Terroir do vinho de excelência aqui produzido.

Touriga Nacional, Alfrocheiro, Jaen e Tinta Roriz proporcionam tintos bem encorpados, aromáticos que podem ganhar bastante complexidade após envelhecimento em garrafa. Bical, Cercial, Malvasia Fina e Verdelho dão origem a vinhos brancos aromáticos, frutados e bastante equilibrados.

touriga-nacional

Touriga Nacional

Depois de alguns anos de estagnação, entre as décadas de 60 e 90, a Região demarcada do Dão soube evoluir. As grandes empresas produtoras fizeram-se representar na região e trouxeram com elas a modernização nas várias vertentes da produção vitivinícola, assim como, uma aposta clara e constante na qualidade do produto final.

Desenvolveram marcas e exploraram o marketing de uma forma competente e criativa. Criaram novos produtos aliados à produção do vinho chamando à região novos públicos de vários estratos sociais e diversas faixas etárias.

“Tudo nestas paragens são grandezas”

José de Saramago

O vinho e a vinha continuam a ser o corpo e a alma desta região. São eles que traçam o perfil deste cantinho no centro de Portugal… mas hoje em dia falar em Dão é falar em cultura, em lazer, em gastronomia, em paisagens inesquecíveis, em explorações turísticas requintadas e profissionais, e em tantas outras coisas. É falar no orgulho de quem por cá vive e de quem faz deste pedaço de terra a sua vida.

Casa de Santar

Paço dos Cunhas de Santar

Paço dos Cunhas de Santar (lat: 40.5687317 lng: -7.8900987)

Deixo aqui uma sugestão pessoal para uma possível visita à Região. Visite a Casa de Santar e faça uma refeição no Paço dos Cunhas de Santar. O restaurante está integrado num solar do século XVII e XVIII, construído em 1609. Passeie pelos jardins que circundam os solar. Visite as caves. Saboreie os excelentes vinhos que por lá vai encontrar como por exemplo:

casa-de-santar-branco

Vinho Branco “Casa de Santar 2015”

Produzido com as castas Encruzado, Cerceal branco e Bical. Aroma elegante com notas de fruto tropical e ligeiro mineral. Mais exuberante na boca, tem uma textura delicada e acidez bem integrada. Conjunto afinado e muito proporcionado. Acompanha pratos de peixes magros grelhados no carvão, peixes fritos, filetes de pescada, carapauzinhos, etc. Sirva-se a 12º C. (por: www.vinalda.pt)

 

 

casa-de-santar-tinto-reserva

Vinho Tinto Casa de Santar Reserva 2012

Produzido com as castas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz. Aromas intensos a frutos silvestres e especiarias, expressando na boca todo o seu perfil austero, com final aveludado. Elegância e equilíbrio são a assinatura dos nossos vinhos. Acompanha pratos de cozinha regional, quer a iguarias mais sofisticadas, por exemplo, um peito de pintada estufado com sálvia e maçã. Sirva-se a 17 ou 18ºC. (por: www.vinalda.pt)

 

Sub regiões do Dão

Em cerca de 400 mil hectares de extensão, a Região Demarcada do Dão apresenta perto de 20 mil hectares de vinhas, estendidas por sete sub-regiões: Sub-região de Alva (municípios de Oliveira do Hospital e Tábua), Sub-região de Besteiros (municípios de Mortágua, Santa Comba Dão e 22 freguesias de Tondela), Sub-região de Castendo (municípios de Penalva do Castelo e duas freguesias do Sátão), Sub-região da Serra da Estrela (19 freguesias do município de Gouveia e 19 freguesias de Seia, Sub-região de Silgueiros (cinco freguesias de Viseu) Sub-região Terras de Azurara (município de Mangualde), Sub-região de Senhorim (município de Carregal do Sal e Nelas).