Aldeias Históricas de Portugal

“Perdidas” no centro do País, quase como que uma ironia, as Aldeias Históricas de Portugal definiram noutros tempos aquilo são hoje os limites do país.

As Aldeias Históricas de Portugal

Algumas das Aldeias Históricas de Portugal, a maior parte, destacam-se pela sua arquitectura militar, são maioritariamente aldeias fortificadas. Outras destacam-se pela peculiaridade das construções e pela riqueza histórica e cultural. Todas elas são pontos de referência no turismo nacional. Comecemos então a nossa viagem…

Almeida

A Vila de Almeida, no distrito da Guarda, destaca-se pela sua fortaleza em forma de estrela. É um dos mais espectaculares e bem conservados sistemas defensivos abaluartados do século XVII da Europa.

A Praça-Forte de Almeida é candidata à categoria de Património Mundial da UNESCO.

Estrela de Almeida - Praça forte de Almeida

Estrela de Almeida – Praça forte de Almeida

A gastronomia é rica e variada. Experimente a burzigada, o “Coelho à Caçador”, o “Arroz de Lebre” e a salada de Meruges.

Belmonte

A vila de Belmonte é sede de um Concelho quase tão antigo como a nacionalidade portuguesa. Recebeu o foral das mãos de D. Sancho I, em 1199.

A Terra de Pedro Álvares Cabral, está situada em plena Cova da Beira no Monte da Esperança, antigos Montes Crestados.

Castelo de Belmonte - Aldeias Históricas de Portugal

Castelo de Belmonte – Aldeias Históricas de Portugal

O Castelo de Belmonte foi construído nos finais do séc. XII e é um dos ex-libris do concelho, juntamente com o Museu dos Descobrimentos, com o Museu Judaico e com a Torre de Centum Cellas.

A vista sobre a Serra da Estrela é simplesmente deslumbrante.

Castelo Mendo

Esta freguesia do Concelho de Almeida foi entre 1229 e 1855 sede de Concelho.

Aqui o Castelo de Castelo Mendo é rei. A fortificação ergue-se sobranceiramente a mais de 700 metros sobre o Rio côa. Castelo Mendo recebeu o Foral das mãos de D.Sancho II.

A Aldeia Histórica de Castelo Mendo foi classificada como Imóvel de Interesse Público em 1984.

Castelo Novo

Em Castelo Novo estão guardados há mais de 800 anos, nas paredes do seu imponente castelo, segredos e histórias fantásticas. Herança dos templários.

O misticismo é evidente quando percorremos as ruas e ruelas da aldeia. Quase como uma tela medieval com pinceladas de manuelino e barroco.

A existência do castelo de Castelo Novo será anterior ao início do século XIII.

Castelo Rodrigo

A Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo foi, noutros tempos, um dos mais importantes lugares estratégicos do País, servindo de linha avançada na defesa do Reino de Portugal.

por Malcolm Payne - Igreja Matriz de Castelo Rodrigo - Aldeias Históricas de Portugal

por Malcolm Payne – Igreja Matriz de Castelo Rodrigo – Aldeias Históricas de Portugal

Foi sede de concelho até aos finais dos séc. XIX.

Destaca-se entre o vasto património desta freguesia do Concelho de Figueira de Castelo rodrigo a Igreja Matriz do séc. XIII, o Palácio de Cristóvão de Moura e a Cisterna Medieval.

Idanha a Velha

Esta pitoresca aldeia ergue-se sobre as ruínas de uma antiga cidade Romana do séc. I A.C.

Apesar de grande parte dos elementos romanos mais importantes terem sido destruídos no século V pelos Suevos, restam ainda vestígios arqueológicos que tornam Idanha a Velha num lugar de destaque no que diz respeito à arqueologia nacional.

Linhares da beira

Plantada a cerca de 800 metros de altitude, nas faldas da Serra da Estrela, encontramos a lindíssima e bem conservada Aldeia histórica de de Linhares da Beira.

Castelo de Linhares da Beira - Aldeias Históricas de Portugal

Castelo de Linhares da Beira – Aldeias Históricas de Portugal

Foi conquistada aos mouros por D. Afonso henriques que lhe concedeu foral em setembro de 1169.

O castelo de Linhares da Beira domina a vista cheia de paisagens bucólicas. É local de eleição para a prática do parapente.

Marialva

“Em tempos imemoriais, vivia na vila, num lindo edifício com duas altaneiras torres, uma esbelta moura de seu nome Marialva, por quem um audaz cavaleiro nazareno se tomou de amores.”

Marialva é uma das das mais místicas Aldeias Históricas de Portugal. O património edificado de Marialva não deixa indiferente quem a visita. A Cisterna Quinhentista, as igrejas de S. Pedro e S. Tiago e o solar dos Marqueses de Marialva são alguns dos exemplos do referido património.

Situada num planalto, no topo de um cabeço rochoso, é uma das mais fascinantes cidadelas medievais portuguesas.

Destaque ainda para a gastronomia e para o turismo rural que são referências no panorama nacional e internacional.

Monsanto

Conhecida como “A aldeia mais portuguesa de Portugal”, graças ao estatuto alcançado num concurso do Estado Novo, em 1938, a Aldeia Histórica de Monsanto é realmente um dos lugares mais genuínos do país.

Ergue-se a mais de 750 metros de altitude, numa das maiores e mais impressionantes formações geológicas do país.

Os pedregulhos quase que se confundem com a própria aldeia. Nas construções alguns servem de chão, outros de parede e outros até servem de tecto. Tudo isto transformou de forma harmoniosa, ao longo dos anos, a arquitectura da aldeia conferindo-lhe um misticismo único no país.

Piódão

Localizada em plena Serra do Açor, no Concelho de Arganil, a Aldeia Histórica do Piódão é um pouco diferente das outras Aldeias Históricas de Portugal.

Aqui reina o xisto. O conjunto arquitetónico da aldeia e o seu enquadramento na encosta conferem-lhe uma beleza natural.

A disposição dos edifícios ao longo da encosta, as casas de xisto e lousa e as janelas pintadas de azul proporcionaram-lhe a designação de “aldeia presépio”.

Sortelha

Daqui a vista é deslumbrante. Do alto do castelo do séc. XIII avistamos o vale do Alto Côa em todo o seu esplendor.

Sortelha é uma das Aldeias Histórica de Portugal mais bem preservadas, no que diz respeito à arquitectura medieval do país. O património arquitectónico e histórico é indescritível. Do gótico ao manuelino o melhor é mesmo visitar e explorar.

Bem vindo à Idade Média…

Trancoso

A Aldeia Histórica de Trancoso é cidade desde o dia 9 de dezembro de 2004.

Aqui se desenrolaram algumas das batalhas mais marcantes na formação e independência do reino. Foi uma das mais importantes vilas medievais portuguesas, graças à sua posição estratégica.

Castelo de Trancoso

Trancoso

O espólio judaico é um dos mais importantes do país.

Gonçalo Annes Bandarra, conhecido por Sapateiro de Trancoso foi uma das figuras da literatura nacional do séc. XVI. Sapateiro e profeta messiânico “previu” em verso o futuro do país.

Região beirã é elite no turismo de saúde

O turismo de saúde está associado à atividade médica, no entanto a vertente de bem-estar da pessoa e a versão turística está cada vez mais na moda.

O foco é sempre a saúde, mas o cuidado com o corpo e a mente é cada vez mais uma preocupação dos portugueses. Muita gente procura este género de turismo fora do país, como é o casa da Tailândia, a Índia ou até o Brasil. No entanto, Portugal é riquíssimo nesta área medicinal. Alguns dos casos mais notórios são os distritos de Castelo Branco e da Guarda.

Em Castelo Branco encontra as Termas de Monfortinho e o H2otel Congress & Spa. Já no distrito da Guarda a oferta é mais alargada, existindo cinco locais de destaque. As Termas de Longroiva e as Termas do Cró, complexos termais de luxo. Mas no mesmo distrito encontra ainda as Termas Caldas da Cavaca, as de Fonte Santa (Almeida) ou o Inatel em Manteigas.

produtos beleza

Todas as unidade termais localizam-se em locais tranquilos e aprazíveis, com contacto direto com a natureza, o que facilita o bem-estar quer físico quer mental. Quase todas a unidades dispõem para além dos serviços terapêuticos, unidades hoteleiras e serviços associados ao mesmo (como é o caso dos restaurantes, bares, etc…) para que a sua estada seja calma e relaxante.

As sete termas indicadas possuem a vertente estética, mas o lado médico não é descorado, existindo serviços como o termalismo clássico, a hidroterapia, imersões, a vapor ou na área das vias respiratórias.

Já não necessita de viajar para outro país ou outro continente. O nosso pequeno Portugal está apetrechado de maravilhas que ainda muitos desconhecem. Neste locais encontrará a paz de espírito que tanto procura.

 

As experiências renovadas do Vale do Côa

Uma marca de viagens internacional, a Travel + Leisure, distinguiu o Vale do Côa como uma região que está a transformar as experiências na natureza.

Segundo o artigo “por mais de 22.000 anos, os seres humanos têm ocupado esta terra- a arte rupestre do Paleolítico são a prova. Mas nas últimas décadas, os locais históricos foram abandonados, com as pessoas a migrarem para áreas mais metropolitanas”. No Vale do Côa conhecem-se mais de mil rochas com manifestações rupestres, em mais de 70 sítios diferentes, com predomínio das gravuras paleolíticas.

Com o êxodo rural abriu-se espaço para a reflorestação e para o regresso de muitas espécies, tais como, as águias cobreiras, o gado selvagem, cavalos e “com o tempo os lobos ibéricos podem retornar também. Do outro lado da fronteira, em Espanha, há passeios de observação de lobo em curso” declara o artigo.

Mas enquanto isso não é possível, os apaixonados pela natureza podem sempre aproveitar a Reserva da Faia Brava. Este pedaço de terra no leste de Portugal, renovou a filosofia ambiental, de forma a restaurar antigos habitats. Esta reserva engloba um dos núcleos nacionais mais importantes de aves rupícolas e abrange parte da mancha de sobreiros mais extensa do Distrito da Guarda. A última espécie a regressar a este local foi a cegonha preta. Na reserva encontrará atividades como o Birdwatching e passeios pedestres (dentro de trilhos, rotas e percursos).

Abutre - Reserva da Faia Brava

Abutre – Reserva da Faia Brava

Embora grande parte da região esteja rendida às espécies nativas, ainda há muita cultura e história para os viajantes desfrutarem no Vale do Côa. Aqui poderá saborear o vinho das mais deliciosas vinhas que o Douro estimula. Nesta região irá saborear dos melhores azeites, das melhores amêndoas, ou até o melhor borrego.

De alguma forma, numa região repleta de pessoas, uma faixa de terra emergiu como um santuário para a flora e fauna mais resilientes de Portugal.