Serra da Estrela, fonte de todas as verdades locais

A Serra é mesmo um lugar fantástico…

A Serra da Estrela é um lugar… perdão, um conjunto de lugares absolutamente fantásticos. A variedade é inigualável e transporta qualquer visitante para a sua própria história.

Fotogaleria de Manuel Ferreira

Perdoem-me a paixão com que falo da “Serra”! Não o faço apenas por ser serrano, faço-o principalmente porque em cada vez que resolvo “subir a serra” me vejo envolvido num enredo de uma história completamente diferente.

Já houve romances… já houve aventuras… já houve comédias e até tragédias… Os atores destas histórias foram vários mas a protagonista foi sempre a mesma… A Serra.

É impressionante o poder que ela tem para conduzir a nossa mente… é irreal a forma como nos faz sentir os elementos quando respiramos, imaginar seres místicos quando observamos, criar fantasias enquanto saboreamos, cantarolar enquanto ouvimos ou recordar quando tocamos…

Assim falava Miguel Torga Sobre a Beira e a Serra da Estrela

“Alta, imensa, enigmática, a sua presença física é logo uma obsessão. Mas junta-se à perturbante realidade uma certeza ainda mais viva: a de todas as verdades locais emanarem dela. Há rios na Beira? Descem da Estrela. Há queijo na Beira ? Faz-se na Estrela. Há roupa na Beira? Tece-se na Estrela. Há vento na Beira? Sopra-o a Estrela. Há energia elétrica na Beira? Gera-se na Estrela. Tudo se cria nela, tudo mergulha as raízes no seu largo e materno seio. Ela comanda, bafeja, castiga e redime. Gelada e carrancuda, cresta o que nasce sem a sua bênção; quente e desanuviada, a vida à sua volta abrolha e floresce. O Marão separa dois mundos — o minhoto e o transmontano. O Caldeirão, no pólo oposto de Portugal, imita-o como pode. Mas a Estrela não divide: concentra.”

Herman Melville e o misticismo da Serra, em “Moby Dick”

Aqui, a verdade da vida iguala a lenda, mesmo quando se trata de uma velha história como a da Serra da Estrela em Portugal, onde se diz existir perto do cume um lago em cuja superfície flutuam as carcaças de navios naufragados no oceano…”

Vergílio Ferreira, em “A Estrela”

Um dia, à meia-noite, ele viu-a. Era a estrela mais gira do céu, muito viva, e a essa hora passava mesmo por cima da torre. Como é que não a tinham roubado? Ele próprio, Pedro, que era um miúdo, se a quisesse empalmarm era só deitar-lhe a mão. Na realidade, não sabia bem para quê. Era bonita, no céu preto, gostava de a ter. Talvez depois a pusesse no quarto, talvez a trouxesse ao peito. E daí, se calhar, talvez a viessa a dar à mãe para enfeitar o cabelo. Devia-lhe ficar bem, no cabelo.

Gosta de queijo Serra da Estrela? Este artigo é para si…

O queijo Serra da Estrela é um petisco, fruto de um processo ancestral. Na região da Serra da Estrela, a produção do queijo é na sua maioria de caráter familiar. O ambiente na produção é único, o que acaba por produzir vários segredos que vão passando de geração em geração. Todo o seu fabrico requer uma seleção criteriosa do leite, exclusivamente fornecido pelas raças Bordaleira da Serra da Estrela ou Mondegueira. Após todo o processo de coalhar, encher as “formas” e a salga, o queijo é colocado no local onde irá permanecer pelo menos um mês, para a sua maturação e para formação da casca.

Ovelhas - Raça Bordaleira

Ovelhas – Raça Bordaleira

Mas para que a segurança e a máxima de qualidade não faltem na sua mesa, o queijo Serra da Estrela é certificado, sendo todo o processo de fabrico inspecionado segundo critérios rigorosos. No entanto, e até ao mês de março, poderá aproveitar os certames distribuídos pela região e conhecer diretamente os produtores e vendedores desta iguaria. Palestras, showcooking e muitos eventos trazem ano após ano milhares de pessoas à região serrana.

A região demarcada de produção do queijo Serra da Estrela abrange 12 municípios, Guarda, Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Gouveia, Manteigas, Seia, Trancoso, Oliveira do Hospital, Nelas, Penalva do Castelo, Mangualde e Covilhã.

Mas sem mais demoras e de forma cronológica iremos enumerar os concelhos organizadores das feiras com uma breve descrição, datas e a localização, para que consiga programar a sua vinda até cá!

O concelho de Celorico da Beira, conhecido pela Capital do Queijo Serra da Estrela pertence ao distrito da Guarda, e possui neste momento seis queijarias certificadas. É lá que a partir do dia 30 de janeiro a 7 de fevereiro, no Mercado Municipal de Celorico da Beira, estarão reunidos dezenas de produtores de queijo que terão a oportunidade de divulgar e promover a saborosa iguaria. Mas o certame existe também para o distrair e divertir, por isso irá contar com artesanato e produtos regionais e locais, e ainda várias atividades culturais.

Mas se está a pensar vir esquiar até ao ponto mais alto de Portugal mas também quer conhecer outros pontos turísticos e aproveitar e conhecer melhor esta maravilha, nada melhor do que descer a encosta mais a norte da montanha e aproveitar os eventos em Gouveia e em Seia.

De dia 4 a 9 de fevereiro, o concelho de Gouveia acolhe o Carnaval da Serra e promove no dia 7, no mercado municipal, a tradicional feira do queijo. Aqui deparar-se-á com os produtos endógenos, as tradições e a autenticidade da produção do Queijo Serra da Estrela.

Já em Seia, a feira do queijo decorrerá no mercado municipal, entre os dias 6 e 9 de fevereiro. Designado como uma das sete Maravilhas da gastronomia portuguesa, esta iguaria será o centro das atenções às portas da Serra da Estrela. Poderá ainda aproveitar os concertos musicais proporcionados pela Câmara local, forma de dinamização do concelho.

Queijo Serra da Estrela e Flor de Cardo

Queijo Serra da Estrela e Flor de Cardo

Indústria artesanal de extrema importância, a produção queijeira no concelho de Fornos de Algodres faz desta terra mais um ponto de referência do queijo serrano. A Feira do Queijo realiza-se no dia 12 e 13 de março, em Fornos de Algodres, mas neste evento estarão presentes os produtos regionais como o azeite, os enchidos e os doces. Uma coisa é garantida, a autenticidade e a genuinidade da produção do Queijo Serra da Estrela estará sempre presente.

Provas de queijo e enchidos, tosquias e fabrico de queijos ao vivo, é o que a feira de queijo de Oliveira do Hospital tem para lhe oferecer na sua 25ª edição. Mais de duas centenas de expositores vão estar presentes neste que é um dos mais importantes eventos de Oliveira de Hospital.

Queijo Serra da Estrela, vinho e Pão

Queijo Serra da Estrela, vinho e Pão

Caso se desloque até cá poderá comprovar que as Feiras do Queijo e a própria produção do queijo desempenham um importante papel no setor económico regional, quer na valorização da marca Serra da Estrela  quer no território.