À mesa com “Sal, Alho e etc”

Comer é um dos grandes prazeres da vida e para mim o Alentejo é um dos locais para me perder de prazer!

Contudo, como não gosto de guardar segredos só para mim, e como sou apreciadora de um bom prato português tenho que vos falar de um restaurante que só de me lembrar me deixa com água na boca.

Vou contar-vos como aconteceu: íamos de viagem para o Alentejo, e como vínhamos de norte e como já se fazia tarde, decidimos parar em Portalegre para jantar. Já tínhamos estado por estes lados mas nunca chegamos a jantar, por isso era para nós uma aventura e uma descoberta encontrar um restaurante às 22 horas para jantar nesta terra do alto Alentejo. Andamos um pouco perdidos, até que um pouco depois do centro, junto ao Hospital Drº José Maria Grande, encontramos uma luz na parede a dizer “Restaurante Sal, Alho e etc”. Não pensamos duas vezes, paramos o carro e dirigimo-nos “até à luz”. O primeiro impacto não é totalmente deslumbrante visto que o restaurante fica no rés do chão de um prédio. Ao entrarmos encontramos um local muito típico e familiar. Com mesas redondas e retangulares cobertas por toalhas aos xadrez vermelhas e brancas, todo o  espaço coberto por quadros das experiências da família proprietária do restaurante, e dos prémios recebidos pelos mesmos. O ambiente era muito acolhedor com as mesas repletas de famílias, casais e amigos a aproveitarem um final de domingo. Como não poderia deixar de ser fomos muito bem recebidos como tão bem os alentejanos sabem fazer!

Mas falemos do que realmente interessa, o repasto. Decidimos para entrada uns ovos com farinheira que vinham servidos numa sertã pequena mas muito típica. Uma delícia… Acompanhado por um vinho alentejano, que deixo ao vosso critério, e com pão alentejano que é fantástico, a sensação na degustação é bastante satisfatória.

Ovos com Farinheira

Ovos com Farinheira

Mas o melhor estava para chegar, isto porque o restaurante só tem pratos de carnes e todas elas ligadas à caça, atividade muito praticada no Alentejo. Aqui é que se instalou a loucura, aquando da entrada na mesa do jantarinho de javali com castanha de Marvão e batata cozida e do Picadinho de veado com alhos… Posso vos dizer, não dissemos nem mais uma palavra até vermos o fim da comida nos recipientes. Divinal! Os alentejanos são mesmo os mestres do bem comer…

Javali com Castanhas

Javali com Castanhas

Claro que depois deste repasto não tínhamos barriga para sobremesas, mas não podíamos deixar de provar uma pequenina que fosse. Portanto, lá mandamos vir um doce do Convento de S. Bernardo (amêndoa, ovos e noz) para nos adoçar ainda mais a agradável surpresa que tinha sido aquele achado!

A parte menos boa seria na altura de pagar, mas para nosso espanto foi ainda uma agradável surpresa, sendo todo este delicioso jantar pago com um valor bem abaixo do 50€, o que faz deste paraíso gastronómico um local acessível a muitas carteiras.

Isto de comer bem não é sinónimo de caro por isso, caso esteja de passagem por estes lados não perca a oportunidade de degustar as enumeras especialidades deste lugar com todo o “Sal, alho e etc”.