O Lagar mais apetitoso de sempre fica em Torre de Moncorvo

No alto das margens do rio Douro, e por entre colinas recheadas de vinhas e oliveiras, encontra-se Torre de Moncorvo.

Com paisagens de cortar a respiração, o concelho transmontano está repleto de singelas maravilhas, a começar pela gastronomia.

Ao palmilhar as ruas estreitas de Torre de Moncorvo, encontrará a magnífica igreja da vila que requer uma visita longa, assim como a Igreja da Misericórdia ou o Arco da senhora dos Remédios. Mas é numa dessas ruas a descer, encostada à grandiosa igreja de Moncorvo que a uns 100 metros encontrará um dos melhores segredos de Torre de Moncorvo.

Vídeo da Associação de Desenvolvimento Territorial- Vale do Côa

O restaurante O Lagar, que ao percorrermos com os olhos as portas de entrada deparamo-nos com todos os galardões atribuídos, inclusive o Garfo de Ouro (prémios Boa Cama Boa Mesa atribuídos pelo Expresso). Local de repasto muito acolhedor e agradável, aqui sentir-se-á em casa.

Edifício rústico, local que outrora fora uma adega de vinho, acolhe há cerca de 30 anos um restaurante com uma decoração em tons castanhos, cheio de iguarias e bons vinhos para nos deleitarmos.

Aqui poderá degustar refeições generosamente bem servidas, muitos bem confecionadas, com temperos bem ao gosto dos palatos mais exigentes! A posta de vitela é o ex-libris do Lagar, mas garantimos-lhe que se comer o bacalhau também não sairá mal servido.

O vinho é “ao gosto do freguês”, com variadíssimos vinhos de várias zonas, mas como é óbvio devido à proximidade geográfica aconselhamos um néctar do Douro.

De atendimento rápido e eficiente, será atendido por um staff muito simpático e atencioso. Para além de todas estas requintadas mais valias a relação qualidade-preço é muito abonatória, não sendo de categoria económica, é um sítio onde se come tão bem por um bom preço!

A destacar

A destacar temos a qualidade do azeite com que toda e comida é confecionada, com que o requeijão de entrada é servido e com o que nos é colocado à disposição para os temperos.

As sobremesas são caseiras e tradicionalmente regionais, sendo um pouco mais sofisticadas e de um sabor extraordinário (tanto  a mousse e a tarte de amêndoa). Caso tenho barriga para tal aproveite a prove a trilogia de doces que o Lagar tem como sugestão.

Uma deliciosa mousse de amêndoa caseira do restaurante Lagar

Conselho

No Lagar nunca o deixariam sair de estômago vazio, no entanto, e devido à afluência de pessoas quer durante a semana ou ao fim de semana, aconselhamos a prévia reserva. Para evitar esperas ou surpresas!