Volvo Ocean Race Lisboa 2017

Dia 5 de novembro de 2017 na Doca de Pedrouços em Lisboa

Volvo Ocean Race Lisboa 2017. No percurso de circum-navegação desta competição, Lisboa vai receber os melhores velejadores do mundo e as mais experientes tripulações internacionais.

A localização geográfica única da capital portuguesa, enquanto porta de comunicação entre a Europa e o Atlântico, a sua vocação marítima e as suas condições naturais para prática de desportos náuticos, foram alguns dos fatores diferenciadores de Lisboa que conquistaram a organização da Volvo Ocean Race.

Volvo Ocean Race Lisboa, 3ª edição

Lisboa recebe a Volvo Ocean Race Lisboa pela terceira edição consecutiva.

Este ano falamos numa etapa de 7.000 nm, a partir de Lisboa, com início a 5 de novembro, em direção à Cidade do Cabo, na ponta sul do poderoso continente africano.

É uma corrida clássica do norte ao sul do Atlântico, passando por várias zonas climáticas.

Volvo Ocean Race Lisboa 2017

Com início a 11 de outubro de 2017 em Alicante (Espanha), a regata de circum-navegação Volvo Ocean Race termina a 30 de junho de 2018 em Haia (Holanda), passando por Lisboa, Cidade do Cabo, Melbourne, Hong Kong, Guangzhou, Auckland, Itajaí, Newport, Cardiff e Gotemburgo.

Desde 2016 o Volvo Ocean Race Boatyard está albergado na cidade. Trata-se de uma instalação permanente onde nossa equipa de especialistas em construção de barcos trabalha a tempo inteiro para preparar a frota para a edição 2017-18.

Pode visitar as instalações do Boatyard no Race Village. É um olhar fascinante sobre todo o trabalho que dá colocar os barcos prontos para a corrida.

 

Red Bull Air Race 2017, de Volta ao Porto / Gaia

As margens do Douro vão transformar-se num autêntico anfiteatro capaz de proporcionar aos pilotos e ao público uma experiência única. Do ponto de vista desportivo, nenhum dos pilotos atualmente no ativo venceu a etapa portuguesa, um troféu que promete ser altamente disputado.

Portugal e  o Porto são o 6.º destino da Red Bull Air Race 2017

A Red Bull Air Race criou ao longo de três anos uma relação muito especial com o público, que aderiu massivamente e transformou a corrida no mais participado evento desportivo organizado no nosso país, com um milhão de espectadores.

 

Estamos muito animados com o regresso da Red Bull Air Race a Portugal, que é uma das etapas preferidas do público e dos pilotos. Este ano o calendário vai evoluir de sucesso em sucesso, com cada etapa a adquirir um significado especial, seja pelo histórico do desporto ou por se tratar de uma estreia num cenário único. Estamos especialmente orgulhosos por trazer de volta ao rio Douro esta corrida de alta velocidade a baixa altitude e estou certo que cada piloto e cada equipa tudo farão para ser coroados no Porto perante os aplausos de milhares de fãs.

Diretor Geral da Red Bull Air Race GmbH, Erich Wolf

 

Red Bull Air Race é um evento consensual e transversal…

Para o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira, “a Red Bull Air Race é um evento consensual e transversal que toca públicos muito diversificados. É, por isso, uma grande conquista para a cidade voltar a receber em festa esta prova que traz um enorme retorno económico direto à cidade, à região e a Portugal. Do ponto de vista político é também muito significativo que tenha sido possível voltar a encontrar consensos entre os promotores, as autarquias, a Entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal, o Turismo de Portugal e a CCDRN que a tornam, não apenas possível mas sobretudo sustentável”.

Centralidade mundial através de um espetacular evento internacional

Já o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Dr. Eduardo Vítor Rodrigues, considera que “a Red Bull Air Race traz a Vila Nova de Gaia e ao Porto a centralidade mundial através de um espetacular evento internacional. O cenário único do Douro e das suas margens, vividas por gente genuína e apaixonada, acrescenta-lhe a magia desta região”.

Potencialidade turística de um destino

Dr. Melchior Moreira, Presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, acrescenta que “os números estão aí para confirmar a potencialidade turística de um destino: quase 7 milhões de dormidas no final de 2016 e a importância cada vez mais crescente deste setor para a economia nacional. Nem questiono a importância que os grandes eventos internacionais assumem nestes resultados.

Red Bull Air Race 2017 (Foto da Edição de 2008)

Red Bull Air Race 2017 (Foto da Edição de 2008) (Felipe Ortega)

Somos hoje reconhecidamente um palco de grandes eventos internacionais que nos trazem um retorno imensurável. Ter no nosso território a Red Bull Air Race é a garantia de uma excelente promoção turística que vai muito além dos milhares de espetadores que se esperam nas margens do Porto e de Vila Nova de Gaia: são as imagens que serão difundidas pelo mundo, as impressões que os visitantes vão levar, a dinâmica da qual todo o destino acabará por usufruir, a certeza que quem nos vai visitar agora vai querer voltar noutra altura do ano, a atividade turística que se estenderá muito para lá dos dois municípios envolvidos… este é o trabalho do Turismo do Porto e Norte de Portugal”.