A capital portuguesa está carregada de hábitos antigos e de uma história secular, que se cruzam com animação. Cidade com luz, hospitaleira e segura, Lisboa é uma das melhores opções europeias para fazer uma escapadinha!

“Lisboa cheira aos cafés do Rossio
E o fado cheira sempre a solidão
Cheira a castanha assada se está frio
Cheira a fruta madura quando é verão”.

Cheira a Lisboa – Amália Rodrigues

Lisboa

Capital de Portugal e cidade mais populosa de nosso país, é o centro económico, financeiro e político. Foi desde sempre o local de decisão, carregando em si a responsabilidade de representar a portugalidade, bem como irradiar ou expandir os turistas para os pontos mais longínquos do nosso país. É muitas vezes a partir de Lisboa, muito graças às vias de transportes já existentes, que os visitantes e turistas optam pelo meio de transporte para conhecer todas as maravilhas portuguesas.

Lisboa está carregada de história que advém da época do Neolítico, da era Romana, e da nossa época dourada, a dos Descobrimentos.

Monumento dos Descobrimentos

Monumento dos Descobrimentos

O que fazer em Lisboa?

Será impossível visitar tudo em pouco tempo, portanto, a melhor forma é delinear um roteiro com as suas preferências, nomeadamente, história, música, gastronomia, paisagens, e usufruir da melhor forma o que a cidade alfacinha tem para si.

Bruce Springsteen, Rock in Rio - Fonte: Sapo

Bruce Springsteen, Rock in Rio – Fonte: Sapo

Poderíamos elencar vários itinerários, no entanto, e com a proximidade do verão, falemos sobre a vertente cultural. Os festivais de verão são “um veículo” de turistas, quer internos quer externos (internacionais), e Lisboa é a cidade forte desses eventos. Rock In Rio, Super Bock Super Rock, Nos Alive, EDP Cool Jazz, são alguns dos festivais que levam até Lisboa muitas pessoas para se divertirem e para aproveitarem o que de melhor a capital possuí.

O tempo em Lisboa?

De clima mediterrânico, Lisboa por norma tem temperaturas amenas, onde o sol brilha na maioria dos dias do ano e onde a temperatura média do ano passado ficou-se pelos 17.4 ºC. Temos um bom clima, o que ajuda a selecionar mais facilmente Lisboa como um destino turístico. Contudo, os custos baixos, as excelentes condições de alojamento e alimentação são também fatores de eleição.

Torre de Belém - Lisboa

Torre de Belém – Lisboa

Turismo de Lisboa

Em 2016, Lisboa conseguiu ser a quinta cidade europeia com o crescimento mais rápido em número de visitantes internacionais, segundo o estudo “Global Destinations Cities Index“.

A restauração é outro setor em franco crescimento, tendo a autarquia local organizado este ano um evento de eleição dos melhores restaurantes. Assim sendo, o feeling não poderia deixar de fazer referência a estes locais. No entanto, e segundo o Observador, desde 2016, existem 35 novos e bons restaurantes em Lisboa que tem mesmo que experimentar!

Para que saiba que não o enganamos, Lisboa foi eleita uma das 25 cidades europeias para serem visitadas em 2017

Pontos de Interesse de Lisboa

Cidade das sete colinas, aqui poderá vislumbrar a cidade em cerca de 18 pontos distintos que certamente o deixarão encantado. Referimo-nos aos Miradouros do Castelo de São Jorge, mais abaixo o Miradouro de de Santa Luzia, ao de Santo Estevão ou aos mais conhecidos o Miradouro de Nossa Senhora do Monte ou o Arco da Rua Augusta. Existem muitos outros, por isso não perca a oportunidade de encher a memória com estas paisagens!

O Fado é indissociável de Lisboa. Nas ruas ouve-se, respira-se e sente-se o fado! O tom saudosista deste género musical caracteriza as vielas e as gentes lisboetas. Por tudo isto, um local de interesse será sempre uma casa de fados. Sentir toda a envolvente e este espírito é único! Para se sentir alfacinha terá que vivenciar e apreciar o fado.

MAAT- Fonte: Amanda Levete Architects

MAAT- Fonte: Amanda Levete Architects

Com a abertura do MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia ) a corrida aos museus lisboetas encontra-se mais viva que nunca. Mas fique a conhecer igualmente o famoso Museu dos Coches, o Museu Calouste Gulbenkian, o MUDE- Museu do Design e da Moda, entre outros. Se eventualmente quiser conhecer o MAAT, terá que se descolar para a zona de Belém, o que fará com que vislumbre os ex-libris do turismo lisboeta: o Monumento dos Descobrimentos, o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém. Tudo isto com o rio Tejo como pano de fundo.

Lisboa não é apenas cultura, posto isto não poderíamos deixar de elencar um ponto importante que é o desporto. Desta dita, a vida de Eusébio e a sua estátua (um dos maiores marcos da história desportiva portuguesa) são pontos de interesse de qualquer português ou de qualquer estrangeiro.