O Norte de Portugal está cada vez mais na moda, o que faz de cada um dos concelhos integrantes da região relíquias inigualáveis.
Neste artigo falamos-lhe da cidade minhota de Caminha, concelho com história com vestígios da era romana, mais concretamente dos Séculos IV e V. Esta terra de beleza singular é limitada a sul por Viana do Castelo, a norte pelo rio Minho, a nascente por Vila Nova de Cerveira e Ponte de Lima e a ocidente pelo Oceano Atlântico.

Câmara Municipal de Caminha

Câmara Municipal de Caminha

Caminha possuí a mais-valia de conseguir agradar a quase todos os gostos. A nível natural, a sua vegetação é diversificada e atraente, que percorre as correntes dos rios Minho, Coura e Âncora. Mas as praias de Caminha não lhe ficam atrás, como é o caso da Foz do Minho, Moledo, Vila Praia de Âncora e Gelfa. Moledo e Vila Praia de Âncora são as mais conhecidas, mas também as mais bonitas, com um cenário idílico, aqui encontrará a paz e a tranquilidade.
Mas as atividades desportivas, principalmente na natureza, são um dos grandes atrativos. Com trilhos bem delineados pela urbe ou pelas serras, ou pelas rotas históricas e religiosas em Caminha encontra uma transversalidade absoluta.
Caso procure um tempo em cidades, conhecer os costumes e as tradições, também encontrou o local indicado. O Minho é riquíssimo em hábitos e Caminha não é exceção. No artesanato, a madeira, o cobre e latoaria, a pintura, a cerâmica e os bordados são algumas das matérias primas que dão cor e forma a esta arte.

Câmara Municipal de Caminha

Câmara Municipal de Caminha

Como no Alto Minho se faz jus à tradição popular e religiosa, que se traduz em enumeras festas e romarias, Caminha não se deixa ultrapassar e dá-lhe a festa em honra de Santa Rita de Cássia, Nossa Senhora da Bonança, São Bento entre muitos outros.

Câmara Municipal de Caminha

Câmara Municipal de Caminha

Esta terra minhota é conhecida também pela sua gastronomia, quer ligada à atividade piscatória, como é o caso da famosa caldeirada, ou conhecida pelas iguarias das vilas mais interiores, que se dedicam à agricultura e pecuária e que daí advém o cabrito estufado à moda da Serra D’Arga ou o cabrito assado no forno.
Caminha é muito acolhedora, mas ao mesmo tempo muito envolvente devido à sua “veia” histórica e as suas ruas confortáveis. Cidade generosa e agradável, plantada em pleno coração do Alto Minho, em Caminha nada lhe faltará!