Caffé-Caffé: um restaurante de excelência

15 Dezembro, 2016

Portugal é sem dúvida um local de eleição para quem gosta de um passeio ou uma visita gastronómica, contudo, existem regiões portuguesas que agradam ou satisfazem mais a uns do que a outros. Partindo do pressuposto que o norte é um desses casos, irei contar-vos a minha última experiência, por Felgueiras, conhecem? Certamente que pelo menos já ouviram falar.

Na Rua da Liberdade, em Felgueiras, numa das tantas casas por ali espalhadas, encontra-se uma especialmente diferente. Construída em pedra e toda remodelada, essa moradia alberga um restaurante típico da região, apelidado de Caffé-Caffé.

As Iguarias

Eu poderia começar pela parte que mais me agradou que foi sem dúvida a sobremesa, um intenso e delicioso pão de ló de chocolate húmido. Um verdadeiro “crime” esta delícia de chocolate. Mas irei como é óbvio começar pelo início deste requintado almoço.

Na chegada ao restaurante deparamo-nos com um local acolhedor e moderno, onde a decoração do espaço não é deixada ao acaso. Após nos”despojarmos” sobre a mesa de refeição, já nos esperavam uns pratos de salpicão e presunto bem compostos, uma broa de milho rija e saborosa, e para completar a degustação foi-nos apresentado um prato de enrolado de alheira, absolutamente apetitoso.

Enrolado de Alheira
Mesa de entrada

Após a prova destas iguarias sucederam-se mais dois preciosos deleitos, um fantástico bacalhau no forno acompanhado de puré e salada, e uns miminhos de vitelas grelhados, envoltos em bacon, servidos em forma de espetada. O bacalhau desfazia-se em lascas e na boca o sabor transponha-se, divinal! Já os miminhos de vitela eram um manjar dos deuses, com tempero bem apurado e um paladar incrível.

Miminhos de Vitela e bacon assados

Não poderia deixar de fazer alusão ao néctar servido ao almoço. Apreciamos um vinho Quinta da Lixa, verde e bem fresco. Combinação perfeita.

Mas o melhor ainda estava para ser servido… As sobremesas! Foi sem dúvida uma inebriante sensação ao serem apresentadas duas sobremesas, um cheescake de frutos vermelhos e um pão de ló de chocolate muito bem enfeitados. Após o corte de ambas as sobremesas os olhos fixaram-se na cor castanha daquele bolo de chocolate que me prendeu a atenção e logo de seguida o paladar e o coração. O pão de ló de chocolate, que é elaborado pelo proprietário, o Sr. Vitor, é um ex-libris da doçaria. Não me recordo de ter provado doce que me preenche-se tanto as medidas como este. O cheescake de frutos vermelhos é também um autêntica delícia, bastante fresco e saboroso, mas o de chocolate! Estou rendida a esta formidável sobremesa.

Após um café bem cremoso para selar esta magnífica experiência gastronómica, ficaram troca de palavras e a promessa de um regresso breve ao Caffé-Caffé, e a encomenda de uma dúzia de pães de ló de chocolate para o Natal!