5 Motivos para conhecer e nunca mais esquecer Guimarães

A cidade berço é uma das “pequenas” grandes cidades portuguesas. Guimarães é uma das mais importantes cidades históricas do país, sendo o centro histórico considerado Património Cultural da Humanidade. As ruas e monumentos respiram história e encantam quem a visita.

Pixabay
Estátua de Afonso Henriques

História

“Aqui nasceu Portugal” … É esta a frase com que se deparará numa das ruas desta cidade tão acolhedora. Berço da nação portuguesa, aqui viveu o primeiro Rei de Portugal, Dom Afonso Henriques,  mas é da era medieval que a cidade tem raízes. A história é um dos motivos para se deslumbrar com Guimarães, no entanto não iremos explaná-la, deixamos-lhe aqui um pequeno vídeo para que tenha uma ideia geral.

 

A Monumentalidade

No século X, a Condessa Mumadona Dias, mandou erigir na sua herdade – hoje Guimarães – um Mosteiro, que hoje é conhecido pelo Castelo. Já D. Afonso – Duque de Bragança, filho bastardo do Rei D. João I , mandou edificar a majestosa casa senhorial do século XV, o agora Paço dos Duques.  Outro local monumental é a Penha, devido à sua magnífica localização e às esplêndidas vistas para a cidade.

Guimarães é uma cidade histórica com imensos locais de visita, no entanto, o Largo da Oliveira é sem sombras de dúvidas o local mais simbólico, isto porque é onde se concentram os vimaranenses e onde poderá desfrutar de alguns momentos mais lúdicos.

Pixabay
Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos

O Desporto

Cidade Europeia do desporto em 2013, Guimarães pretendeu dar, através deste evento, seguimento ao investimento que tem sido feito no desporto nos últimos anos e fazer do desporto um dos pilares do desenvolvimento do município.

Mas aqui o desporto é conhecido pelos “vitorianos”, os acérrimos adeptos do Vitória de Guimarães. Tanto a nível futebolístico como de outras modalidades, os seguidores do Vitória são únicos e o carinho pelo clube é de outro planeta!

O Bairrismo dos Vimaranenses

É indescritível… Não conheço em Portugal nada parecido! São de um bairrismo exacerbado, são de uma genuinidade singular e defensores natos dos seus costumes. Se me perguntassem quais seriam os portugueses mais defensores das suas raízes, eu sem dúvida e sem medo responderia os Vimaranenses.

As Festividades

São mais que muitas… Por onde começar? Tem as festas Gualterianas, em honra de São Gualter, e que acontecem sempre no primeiro fim de semana de agosto. Já as Nicolinas, são as festas organizadas pelos estudantes de Guimarães entre o dia 29 de novembro e o dia 7 de dezembro e serão certamente o apogeu das festas nesta zona.

Mas também existem as festas religiosas. A 13 de dezembro, a Santa Luzia é comemorada por toda cidade, não sendo a maior romaria existente por aquelas zonas. A maior romaria fica entregue ao São Torcato, uma vila pertencente ao concelho mas que atrai imensos viajantes de todo o país.

 

Item adicionado ao carrinho.
0 itens - 0.00