Começamos este novo artigo com uma citação, de forma a demonstrar-lhe a devida grandiosidade que a cidade de Almeida carrega. Os vestígios históricos vêm do Paleolítico, mas é na era medieval que se estrutura a linha caracterizadora do território. Mas não iremos estender a questão histórica de Almeida visto que quando visitar o concelho irá ter acesso a toda a história de forma detalhada.

Queremos exclusivamente elucidá-lo  sobre cinco motivos que o façam deslocar-se até à zona raiana, mais concretamente ao norte do distrito da Guarda, junto à fronteira com Espanha.

O património da Vila de Almeida

Almeida é conhecida pela sua fortaleza em forma de estrela de doze pontas. Constitui um dos mais espetaculares exemplares europeus dos sistemas defensivos do séc. XVII.

Vídeo promocional do Territórios do Côa sobre Almeida

Em Almeida não conseguirá alienar-se da história, isto porque os locais de interesse público e patrimonial são imensos. Dentro das muralhas encontra um Museu Militar, um Centro de Estudos de Arquitetura Militar, Palácio da Justiça – Intramuros / Antiga Vedoria e Casa dos Governadores, o Picadeiro d’el Rey, entre muitos outros espaços edificados.

Saúde e bem estar com as Termas de Fonte Santa

Entre paisagens verdes encontra-se o complexo termal de Almeida, denominado Termas de Almeida Fonte Santa. Aqui conseguirá fugir à rotina do quotidiano, onde carregará baterias sempre através de programas específicos para o seu bem estar. O complexo termal é constituído por uma área de tratamentos (balneoterapia), ginásios, sauna, banhos turcos, massagem e uma área médica. Aqui poderá proceder-se ao tratamento de doenças do aparelho respiratório, doenças reumáticas e músculo-esqueléticas.

Aldeias Históricas

Já todos ouvimos falar nas Aldeias Históricas de Portugal. No entanto, muitos de nós não sabe que as Aldeias Históricas são 12, e que se encontram no interior da região Centro, formando um amontoado de aldeias único da história do nosso país.  A associação foi criada em 2007, e tem como objetivo promover o desenvolvimento turístico “Aldeias Históricas de Portugal” da qual fazem parte Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso.

No concelho de Almeida existem duas dessas aldeias, Almeida que se situa dento das muralhas, e a aldeia histórica de Castelo Mendo. Esta última fica um pouco distanciada do centro de Almeida mas que por outro lado se encontra em ótimo estado de conservação. Tanto uma como outra aldeia merece uma visita da sua parte!

O que comer e onde comer

Cozido à portuguesa, cabrito e borrego assado, arroz de lebre, coelho à caçador e a bola doce são algumas das iguarias que esta cidade lhe disponibiliza para se derreter por completo.

Os locais de degustação são variados, contudo recomedamos-lhe o Talmeyda.  “Talmeyda”, reza a lenda que a sua origem vem de uma mesa cravejada de pedras preciosas que existira em tempos. Para além da lenda, a mesa da região sempre foi rica e recheada de sabores e aromas. Na região, o Talmeyda é uma ótima opção para jantar fora de horas com preços justos face à qualidade dos petiscos servidos. Quando for para pedir a bebida opte por um vinho da de região, será sem dúvida uma agradável surpresa.

Os produtos endógenos

Queijos, presuntos, chouriços, morcelas e o bom vinho são os produtos mais reconhecidos da região. É importante frisar que Almeida é conhecida também pela salada de merujes. A meruje é uma verdura parecida com o agrião, mas mais tenra, e cresce na margem dos riachos sobretudo na zona centro da Península Ibérica